Publicidade
cultura

, , ,

Carreiro Quim Costa é reconhecido em Prêmio Nacional

Ministério da Cultura selecionou os melhores projetos da categoria Culturas Populares
postado por jornalismo em   19/01/2018
Quim Costa era conhecido por confeccionar carros de boi com ferramentas feitas por ele próprio. Foto: Arquivo Pessoal/Bernadete Prado

Quim Costa era conhecido por confeccionar carros de boi com ferramentas feitas por ele próprio. Foto: Arquivo Pessoal/Maria Bernadete Prado

O carreiro Joaquim Pereira da Costa, conhecido em São Bento do Sapucaí como Seu Quim Costa foi contemplado, in memoriam, com o 5º Prêmio Culturas Populares – Leandro de Gomes de Barros da Secretaria da Cidadania e da Diversidade Cultural do Ministério da Cultura, na categoria Mestres e Mestras In Memoriam. De 20, o projeto sambentista ficou em 12ª colocação, recebendo nota 95,5.

A participação neste Prêmio, que contemplou as 500 melhores iniciativas de mestres, grupos/comunidades e instituições privadas com R$ 10 mil reais mais o prestígio da divulgação, foi feita através de um edital que, no caso do Seu Quim, escrito com base nos trabalhos feitos por ele em vida e também depois de seu falecimento, como a criação do Museu do Carro de Boi, uma iniciativa da família. “Esse prêmio contempla instituições que têm o objetivo de manter vivo o patrimônio cultural. Essa 5ª edição estimula a continuidade da cultura popular, é uma das maiores premiações que um mestre, no caso do Seu Quim Costa in memoriam, pode receber”, disse Vânia Borelli, voluntária no Museu do Carro de Boi, que auxiliou na criação do projeto para o prêmio.

Parte do acervo do Museu do Carro de Boi Quim Costa. Foto: Rafaella Teixeira/Acontece São Bento

Parte do acervo do Museu do Carro de Boi Quim Costa. Foto: Rafaella Teixeira/Acontece São Bento

O Museu do Carro de Boi Quim Costa foi inaugurado em 27 de outubro de 2016 por familiares e amigos para homenagear o Mestre Carreiro Quim Costa e suas obras, como os famosos carros de boi, transporte pioneiro no Brasil, seus artefatos e ferramentas, além de benfeitorias dele para com a cidade e comunidade do Bairro do Quilombo, onde viveu. “Além do acervo e dos feitos dos carros de boi construídos por Quim Costa, o entorno do Museu também possui uma trilha com árvores de lei identificadas, que foram plantadas por ele. O Museu também realiza muitos eventos e outras atividades, participando de acontecimentos nas cidades da região”, informou a artista plástica Fernanda Prado, neta do artesão e atuante no Museu.

O carreiro Quim Costa tinha amor pelo seu trabalho. Foto: Divulgação/Museu do Carro de Boi

O carreiro Quim Costa tinha amor pelo seu trabalho. Foto: Divulgação/Museu do Carro de Boi

A professora Maria Bernadete Prado, filha de Seu Quim e pioneira na idealização do Museu do Carro de Boi sente-se muito feliz pela classificação do prêmio, já que seu pai sempre foi um homem envolvido com a comunidade. “Como presidente da Irmandade São Vicente de Paula, ele organizava mutirões para construção de casas de pessoas carentes. Cuidava das nascentes e plantava muitas árvores, devolvendo para a natureza além do que usava dela para a construção de seus carros. Tinha muita dedicação pela vida”, contou a filha, emocionada.

O valor do Prêmio, R$ 10 mil reais, será utilizado exclusivamente em benfeitorias do Museu do Carro de Boi, uma vez que todo o uso do dinheiro tem que ser documentado e enviado para a prestação de contas do Ministério.

Para saber mais sobre o Museu do Carro de Boi e a história do Seu Quim Costa, clique aqui ou entre em contato pelo telefone (12) 99762-2966.


One Response

  1. Maria Bernadete da Costa Prado
    19/01/2018 às 7:50 pm

    Obrigada pelo trabalho de divulgação do merecido prêmio em homenagem ao meu querido pai.

Deixe sua opinião

Os comentarios desta página não representam a opinião do Portal Acontece São Bento.

Publicidade