Publicidade
cultura

, , , , ,

Encontro cultural aborda vertentes do cenário Hip Hop

Jovens sambentistas se unem na Praça Padre Pedro para dar voz e espaço à poesia, música e cultura
postado por jornalismo em   07/11/2017
Foto do 2º encontro, que aconteceu no início de setembro. Foto: Divulgação/Poetas da Montanha

Foto do 2º encontro, que aconteceu no início de setembro. Foto: Divulgação/Poetas da Montanha

O grupo Poetas da Montanha foi idealizado por quatro jovens de São Bento do Sapucaí que tinham um mesmo ideal: trazer o movimento Hip Hop para a cidade. Com dois meses de criação, os encontros já aumentaram, mas o intuito continuou o mesmo: abrir as portas para aqueles que têm algo a dizer.

Daniel Cabral “Marley”, Felipe Lima “Meraki”, Giovane Pereira “Índigo MC” e João Heitor Thomaz “Kotae” têm de 16 à 20 anos e são os organizadores do grupo, que teve o primeiro encontro no dia 28 de agosto no Coreto da Praça de Eventos Dr. Adhemar Pereira de Barros. “A ideia desse encontro partiu de uma conversa com o Giovane, que falávamos dos novos talentos que estão aparecendo em São Bento”, contou Daniel “Marley”, 20 anos, que além de rapper, trabalha em uma marcenaria. “Então decidimos unir esse pessoal com a mesma causa e promover cultura de uma maneira que ainda não tinha sido feita. Chamamos um por um desses quatro integrantes e conversamos muito até colocar a ideia em prática”.

Sarau de poesias. Foto: Divulgação/Poetas da Montanha

Sarau de poesias. Foto: Divulgação/Poetas da Montanha

A partir daí, os demais encontros, que não recebem apoio financeiro, aconteceram na Praça Monsenhor Pedro do Valle Monteiro todos os domingos, às 16h, onde jovens podiam mostrar suas poesias, suas músicas, fazer batalhas de rima, criar novas amizades, participar de gincanas e dinâmicas envolvendo esse cenário sem ter vergonha e receio. “O objetivo do Poetas da Montanha é dar voz às pessoas transparecendo uma energia muito boa. Mesmo não estando totalmente reformulado, o grupo está caminhando bem com apoios na divulgação, apoios dos amigos”, afirmou o rapper e estudante João Heitor Thomaz “Kotae”, de 16 anos.

O 4º encontro contou com a participação de dois jovens de Arcos - MGna batalha de rima, que souberam do movimento pelas redes sociais. Foto: Divulgação/Poetas da Montanha

O 4º encontro contou com a participação de dois jovens de Arcos – MG na batalha de rima, que souberam do movimento pelas redes sociais. Foto: Divulgação/Poetas da Montanha

“Sempre que posso estou lá. Esses encontros são importantes para mostrar a criatividade e os novos talentos que existem em nossa cidade”, disse a estudante Gabriela Pereira, de 16 anos. A terapeuta ocupacional Denise Tramontano, de 35 anos, ressaltou a importância da cultura musical, social e política nessa iniciativa. “Além de um ponto de encontro de jovens, isso resgata sonhos, expectativas, liberdade de expressão. Falar de rap é um exercício de todos os dias como ser humano num âmbito social”.

Para mais informações, clique aqui.


Deixe sua opinião

Os comentarios desta página não representam a opinião do Portal Acontece São Bento.

Publicidade