Publicidade
noticia

, , , , ,

São Bento tem desenvolvimento moderado segundo pesquisa

Órgão avaliou indicadores como Educação, Saúde e Emprego e Renda com dados de 2013
postado por jornalismo em   03/03/2016

 

sbs2

Foto: Geraldo Francisco da Silva

Um estudo realizado pelo Sistema Firjan (Federação das Industrias do Estado do Rio de Janeiro), divulgado no início deste ano, revelou que São Bento do Sapucaí possui um nível de desenvolvimento considerado Moderado em relação aos outros municípios do país. A cidade apresentou a nota 0,6694 numa escala que varia de 0 a 1.

 

A análise foi feita com dados de 2013 e a nota foi calculada de acordo com os indicadores de Emprego e Renda, Educação e Saúde. No quesito Educação, São Bento obteve um alto desenvolvimento ao alcançar a nota 0,8708. Na Saúde, a cidade obteve a nota 0,6499, um desenvolvimento considerado moderado, e no Emprego e Renda, teve somente 0,4876, considerado regular.

 

firjan

Imagem: Divulgação/Firjan

Com a somatória das notas, São Bento aparece em 592º lugar no Estado de São Paulo e na 2575ª posição no ranking nacional, na frente de cidades algumas cidades da região, como Queluz, Tremembé e Natividade da Serra.

 

Dos 431 municípios que possuem um desenvolvimento considerado alto, quase metade está no Estado de São Paulo e dois deles estão na região: Ilhabela (0,8282) e São José dos Campos (0,8060). A liderança do ranking 2015 da Firjan ficou com Extrema (MG), que em menos de uma década pulou da 569ª posição para a liderança graças a uma série de avanços nas áreas de Educação e Saúde.

 

 

Método Firjan

 

Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal varia de 0 a 1: quanto mais próximo de 1, melhor é o desenvolvimento da cidade. A nota é calculada segundo a análise de três conjuntos de indicadores:

 

Em Emprego e Renda, o índice leva em conta o quanto a cidade gera de empregos formais, sua capacidade de absorver a mão de obra local, quanto de renda formal é gerada, os salários médios e a desigualdade social.

 

Já em Educação, a Firjan analisa o número de matrículas na educação infantil, a proporção de estudantes que abandonam o ensino fundamental, além da distorção idade-série, o número de professores com ensino superior, a média de aulas diárias e o resultado do Ideb no ensino fundamental.

 

O índice Saúde é calculado, por sua vez, com base no número de consultas pré-natal, óbitos por causas mal definidas, óbitos infantis por causas evitáveis e número de internações sensíveis à atenção básica (ISAB).

 

Em 2013, o índice Emprego e Renda, no âmbito nacional, recuou 4,3% e ficou com 0,7023 pontos, a menor nota desde a crise de 2009. Já a área de Educação avançou 2,8% com relação a 2012 e ficou em 0,7615. Os indicadores ligados à Saúde ficaram em 0,7684 – um crescimento de 1,9% em relação ao ano anterior.

 

Para conferir a análise completa da Firjan sobre São Bento do Sapucaí, clique aqui

 

 

Fontes: Revista Exame e Firjan


Deixe sua opinião

Os comentarios desta página não representam a opinião do Portal Acontece São Bento.

Publicidade